sábado, 18 de setembro de 2010

ENGENHEIRO DE PRODUÇÃO: Profissional atende às diversas necessidades das empresas

LOC/REPÓRTER: Hoje, o mercado de trabalho procura por profissionais completos, capazes de atender às diversas necessidades corporativas, tanto administrativas, quanto operacionais. Um exemplo de profissão ideal para atender essa demanda é a engenharia de produção. Durante a graduação, o universitário cursa várias matérias na área de exatas e sobre diversos tópicos relativos a outros cursos de engenharia. Ele aprende, por exemplo, assuntos relativos à gestão da produção; da qualidade; gestão econômica; estratégica e organizacional; segurança no trabalho; pesquisa operacional e gestão ambiental. Ou seja, ele entende de tudo um pouco e pode colaborar em vários setores da empresa, como explica o presidente da Associação Brasileira de Engenharia de Produção, Osvaldo Quelhas.

TEC/SONORA: presidente da Associação Brasileira de Engenharia de Produção (Abepro) - Osvaldo Quelhas

"Ele além de integrar esses diversos sistemas de engenharia, ele vai além. Ele vai e olha a natureza, ele olha o meio ambiente, ele olha a responsabilidade social dos projetos. Então, ele fica num nível macro, observando estrategicamente os fatores de contato com a sociedade dos diversos projetos de engenharia, e ele fica no nível micro e também olha os indicadores de desempenho ambiental, social e econômico da operação do sistema de engenharia."

LOC/REPÓRTER: Para Osvaldo Quelhas, é justamente essa versatilidade que o profissional adquire durante a faculdade que abre as portas para o mercado de trabalho. O coordenador do curso de engenharia de produção de uma faculdade em Brasília, Mario Andrade, confirma essa tendência.

TEC/SONORA: curso de engenharia de produção de uma faculdade em Brasília - Mario Andrade

"Tem bastante oportunidade e estão surgindo cada vez mais. Foi um dos cursos que mais abriu nos últimos anos dentre as engenharias e esse é um reflexo que o mercado vem demandando realmente profissional nessa área."

LOC/REPÓRTER: O professor Mario Andrade lembra que os engenheiros de produção costumam ocupar cargos de gestão, de organização dos sistemas produtivos em empresas de diversas áreas, como em multinacionais, bancos e até hospitais. Vale lembrar que a engenharia de produção é uma profissão reconhecida, e os profissionais da área devem ter o registro do Sistema Confea/Crea.

Reportagem, Cynthia Ribeiro

Fonte: http://www.agenciadoradio.com.br/noticia.php?codigo_noticia=CONF090019
Postar um comentário

Quais os maiores problemas que um Líder pode confrontar no dia-a-dia em uma pequena empresa?

Em que área da eng. de Produção você quer se especializar?